domingo, 3 de maio de 2009

76 modos do açúcar acabar com a saúde




De: BrigithLua
Para: ervaseplantasquecuram@yahoogrupos.com.br
Enviadas: Terça-feira, 21 de Abril de 2009 15:08:20
Assunto: [ervaseplantasquecuram] 76 modos do açúcar acabar com a saúde
.



76 modos do açúcar acabar com a saúde
Contribuição de Nancy Appleton, Ph.D. Autora do livro Lick The Sugar Habit www.nancyappleton. com

Além de destruir a homeostase do organismo, o excesso de açúcar pode causar várias outras conseqüências importantes. A seguir, uma lista de alguns problemas metabólicos causados pelo açúcar, tirados de várias revistas médicas e outras publicações científicas.
1. O açúcar pode desativar o seu sistema imunológico e prejudicar sua defesa contra doenças infecciosas.
2. O açúcar desorganiza as relações entre os sais minerais no organismo: provoca deficiência de cromo e cobre e interfere com a absorção de cálcio e magnésio.
3. O açúcar pode provocar um aumento rápido da adrenalina, da hiperatividade, da ansiedade, da dificuldade de concentração e da irritabilidade em crianças.

4. O açúcar pode provocar um aumento significativo no nível total de colesterol, triglicerídeos e mau colesterol e reduzir o de bom colesterol.
5. O açúcar provoca a perda de elasticidade e funcionalidade dos tecidos.
6. O açúcar alimenta as células cancerosas e foi relaconado ao desenvolvimento de câncer de mama, ovário, próstata, reto, pâncreas, trato biliar, pulmão, vesícula e estômago.

7. O açúcar pode aumentar o nível sangüíneo de glicose em jejum e provocar, como reação, hipoglicemia.
8. O açúcar pode piorar a visão.
9. O açúcar pode provocar muitos problemas do trato gastrointestinal, como gastrite, indigestão, má absorção em pacientes com doença intestinal funcional, aumento do risco de doença de Crohn, colite ulcerativa.

10. O açúcar pode provocar envelhecimento prematuro.
11. O açúcar pode levar ao alcoolismo.

12. O açúcar pode acidificar a saliva, estragar os dentes e provocar doença periodontal (das gengivas).
13. O açúcar contribui para a obesidade.

14. O açúcar pode provocar doenças autoimunes como artrite, asma, esclerose múltipla.

15. O açúcar ajuda muito a infestação descontrolada de Candida Albicans (fungo).
16. O açúcar pode provocar cálculos de vesícula.
17. O açúcar pode provocar apendicite.

18. O açúcar pode provocar hemorróida.
19. O açúcar pode provocar varizes.

20. O açúcar pode elevar a resposta de glicose e insulina em usuárias de contraceptivos orais.
21. O açúcar pode contribuir para a osteoporose.

22. O açúcar pode provocar uma queda na sensibilidade à insulina, provocando assim um nível elevado e anormal de insulina e, finalmente, diabetes.
23. O açúcar pode reduzir o nível de vitamina E.
24. O açúcar pode aumentar a pressão sangüínea sistólica.
25. O açúcar pode provocar sonolência e redução da atividade em crianças.
26. A ingestão elevada de açúcar aumenta o nível de produtos glicosados avançados (PGA) (moléculas de açúcar que se ligam às proteínas do corpo, danificando- as).

27. O açúcar pode interferir na absorção de proteínas.
28. O açúcar provoca alergias alimentares.
29. O açúcar pode provocar toxemia durante a gravidez.
30. O açúcar pode contribuir para o eczema em crianças.
31. O açúcar pode provocar aterosclerose e doença cardiovascular.
32. O açúcar pode prejudicar a estrutura do DNA.
33. O açúcar pode mudar a estrutura das proteínas e causar uma alteração permanente da maneira como agem as proteínas no corpo.
34. O açúcar pode fazer a pele envelhecer ao mudar a estrutura do colágeno.

35. O açúcar pode provocar catarata e miopia.
36. O açúcar pode provocar enfisema.

37. A ingestão elevada de açúcar pode prejudicar a homeostase fisiológica de vários sistemas do organismo.
38. O açúcar reduz a capacidade de funcionamento das enzimas.

39. A ingestão de açúcar é mais alta em portadores de mal de Parkinson.

40. O açúcar pode aumentar o tamanho do fígado ao fazer as células do órgão se dividirem e aumentar o nível de gordura no fígado.
41. O açúcar pode aumentar o tamanho dos rins e produzir mudanças patológicas no órgão, como a formação de cálculos renais.
42. O açúcar pode danificar o pâncreas.
43. O açúcar pode aumentar a retenção de fluidos no organismo.
44. O açúcar é o inimigo nº 1 do funcionamento do intestino.

45. O açúcar pode danificar o revestimento dos capilares.

46. O açúcar pode deixar os tendões mais frágeis.
47. O açúcar pode provocar dores de cabeça e enxaquecas.

48. O açúcar pode reduzir a capacidade de aprendizado, afetar negativamente as notas das crianças e provocar transtornos de aprendizagem.
49. O açúcar pode provocar o aumento das ondas cerebrais delta, alfa e teta e assim alterar a capacidade de pensar com clareza.
50. O açúcar pode provocar depressão.

51. O açúcar pode aumentar o risco de gota.

52. O açúcar pode aumentar o risco mal de Alzheimer.
53. O açúcar pode provocar desequilíbrio hormonal, como aumentar o nível de estrogênio em homens, exacerbar a TPM e reduzir o nível de hormônio do crescimento.
54. O açúcar pode levar a tonturas.

55. As dietas ricas em açúcar aumentarão os radicais livres e o estresse oxidativo..
56. As dietas com muita sacarose em indivíduos com doença vascular periférica aumentam significativamente a adesão das plaquetas.

57. O consumo elevado de açúcar por adolescentes grávidas pode levar a uma redução substancial da duração da gravidez e está associado à duplicação do risco de ter um bebê pequeno demais para a idade gestacional.

58. O açúcar é uma substância que vicia.

59. O açúcar pode embebedar, como o álcool.

60. O açúcar dado a bebês prematuros pode afetar o volume de dióxido de carbono que produzem.
61. A redução da ingestão de açúcar pode aumentar a estabilidade emocional.

62. O açúcar é transformado em quantidade 2 a 5 vezes maior de gordura na corrente sangüínea do que o amido.

63. A absorção rápida do açúcar promove a ingestão excessiva de comida em obesos.

64. O açúcar pode piorar os sintomas de crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).
65. O açúcar afeta negativamente a composição de eletrólitos da urina.

66. O açúcar pode reduzir a capacidade de funcionar das glândulas adrenais.
67. O açúcar tem potencial de provocar processos metabólicos anormais em indivíduos saudáveis normais e promover doenças crônicas degenerativas.

68. A alimentação intravenosa com água açucarada pode interromper o fluxo de oxigênio para o cérebro.

69. O açúcar aumentar o risco de poliomielite. 104
70. A ingestão elevada de açúcar pode provocar convulsões epilépticas.
71. O açúcar provoca pressão alta em pessoas obesas.

72. Em unidades de tratamento intensivo, a limitação de açúcar salva vidas.

73. O açúcar pode provocar a morte celular.

74. Em centros de reabilitação juvenil, quando as crianças passaram para uma dieta com pouco açúcar houve uma queda de 44% do comportamento anti-social.
75. O açúcar desidrata recém-nascidos.
76. O açúcar pode provocar males das gengivas.
Referências Bibliográficas:
1. Sanchez, A., et al. "Role of Sugars in Human Neutrophilic Phagocytosis", American Journal of Clinical Nutrition. nov 1973; 261:1180-1184. Bernstein, J., et al. "Depression of Lymphocyte Transformation Following Oral Glucose Ingestion". American Journal of Clinical Nutrition. 1997; 30:613
2. Ringsdorf, W., Cheraskin, E. e Ramsay R. "Sucrose, Neutrophilic Phagocytosis and Resistance to Disease", Dental Survey. 1976; 52(12):46-48.
3. Couzy, F., et al. "Nutritional Implications of the Interaction Minerals", Progressive Food and Nutrition Science 17; 1933: 65-87
4. Kozlovsky, A., et al. "Effects of Diets High in Simple Sugars on Urinary Chromium Losses". Metabolism. Junho de 1986; 35: 515-518..
5. Fields, M., et al. "Effect of Copper Deficiency on Metabolism and Mortality in Rats Fed Sucrose or Starch Diets", Journal of Clinical Nutrition. 1983; 113: 1335-1345.
6. Lemann, J. "Evidence that Glucose Ingestion Inhibits Net Renal Tubular Reabsorption of Calcium and Magnesium". Journal of Clinical Nutrition. 1976; 70: 236-245.
7. Goldman, J., et al. "Behavioral Effects of Sucrose on Preschool Children". Journal of Abnormal Child Psychology.1986; 14(4): 565-577.
8. Jones, T. W., et al. "Enhanced Adrenomedullary Response and Increased Susceptibility to Neuroglygopenia: Mechanisms Underlying the Adverse Effect of Sugar Ingestion in Children". Journal of Pediatrics. Fev. 1995; 126: 171-7.
9. Scanto, S. e Yudkin, J. "The Effect of Dietary Sucrose on Blood Lipids, Serum Insulin, Platelet Adhesiveness and Body Weight in Human Volunteers", Postgraduate Medicine Journal. 1969; 45: 602-607.
10. Albrink, M. e Ullrich I. H. "Interaction of Dietary Sucrose and Fiber on Serum Lipids in Healthy Young Men Fed High Carbohydrate Diets". American Journal of Clinical Nutrition. 1986; 43: 419-428. Pamplona, R., et al. "Mechanisms of Glycation in Atherogenesis". Med Hypotheses. Março de 1993; 40(3): 174-81.
11. Reiser, S. "Effects of Dietary Sugars on Metabolic Risk Factors Associated with Heart Disease". Nutritional Health. 1985; 203-216.

12. Lewis, G. F. e Steiner, G.. "Acute Effects of Insulin in the Control of VLDL Production in Humans. Implications for the Insulin-resistant State". Diabetes Care. Abril de 1996; 19(4): 390-3. R. Pamplona, M. .J., et al. "Mechanisms of Glycation in Atherogenesis". Medical Hypotheses. 1990; 40: 174-181.
13. Cerami, A., Vlassara, H., e Brownlee, M. "Glucose and Aging". Scientific American. Maio de 1987: 90. Lee, A. T. e Cerami, A. "The Role of Glycation in Aging". Annals of the New York Academy of Science; 663: 63-67.
14. Takahashi, E., Tohoku University School of Medicine, Wholistic Health Digest. Outubro de 1982: 41: 00
15. Quillin, Patrick, "Cancer's Sweet Tooth", Nutrition Science News. Ap 2000 Rothkopf, M.. Nutrition. julho/agosto de 1990; 6(4).
16. Michaud, D. "Dietary Sugar, Glycemic Load, and Pancreatic Cancer Risk in a Prospective Study". J Natl Cancer Inst. 4 de setembro de 2002; 94(17): 1293-300.
17. Moerman, C. J., et al. "Dietary Sugar Intake in the Etiology of Biliary Tract Cancer". International Journal of Epidemiology. Ap 1993. 2(2): 207-214.
18. The Edell Health Letter. Setembro de 1991; 7:1. De Stefani, E. "Dietary Sugar and Lung Cancer: a Case control Study in Uruguay". Nutrition and Cancer. 1998; 31(2): 132-7.
============ ========= ========= ========= ========= ========= ========= ========= ========= =======
__._,_.___

.

__,_._,__