terça-feira, 13 de março de 2012

MACAÉ - RECEITAS E CARACTERÍSTICAS

MACAÉ - Leonurus sibiricus

Descrição : Da família das lamiaceae, também conhecida como agripalma, erva macaé, joão magro, marroio, quinino dos pobres, mané magro, lavantina, mané-turé, rubim e pau-pra-tudo. erva de meio metro de altura; ramos e caules quadrangulares; folhas opostas;  pequenas em gloméruloss róseos ou avermelhados com lobos espiniformes no caule.

Partes utilizadas : Partes aéreas da .

Origem : Ásia.

Plantio : Multiplicação: semente e estacas do ramo.

Cultivo: não é exigente em solos. Deve ser cultivada em  secos, arejados e adubado com húmus nas covas. O espaçamento deve ser de 0,5 metro entre as plantas e 1m entre as fileiras.

Colheita: colhem-se as folhas e flores durante a floração.

Propriedades : eupéptico, anti-reumático, febrífugo e estomáquico.

Indicações : Vômitos, Inflamações, bronquite e coqueloche, febre e reumatísmo.


Modo de Usar : infusão de 20 gramas de folhas ou flores em 1/2 litro de água. Tomar 1 xícara de chá 3 vezes ao dia. Uso externo - friccionar as folhas sobre as partes afetadas. xarope - colocar um punhadodas folhas e flores picadas em 1 xícara de café de água fervente, abafar, coar, adicionar 2 xícaras de café de açúcar, homogeneizar. Tintura - misturar 2 xícaras de café de álcool de cereais e 1 xícara de café de água com 4 colheres de sopa, ou 20 gramas de ervas picadas, deixar em maceraçào por 7 dias, agitar sempre, coar, armazenar em vidro escuro. Tomar 1 colher de café da tintura diluída em água. Pode ser aplicada em articulações inflamadas.

Contra-indicações/cuidados: não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica. 
Alguns antigos dizem que seu uso indiscriminado pode causar cegueira..

Referência :
A Cura pelas Ervas e Plantas Medicinais Brasileiras - Ricardo Lainetti e Nei R. Seabra de Britto - Editora Ediouro. 1979.
Plantas que Curam - Cheiro de Mato. Sylvio Panizza - IBRASA. 1997.
CIAGRI - Banco de plantas medicinais, aromáticas e condimentares da Universidade do Estado de São Paulo.


ADVERTENCIA ACURANATURAL
1- Não utilize a mesma planta ou receita por mais de 15 dias seguidos. Procure outra com os mesmos efeitos e alterne o uso.
2- Evite o uso de recipientes de alumínio.
3- Prepare as receitas na quantidade certa para ser consumidas na hora. (A não ser quando recomendado).
4- Ressaltamos que toda receita alternativa tem o poder de acalmar e amenizar o problema, seja ele uma dorzinha de barriga ou uma grande enxaqueca. É importante sempre lembrar de anotar os seus sintomas e procurar ajuda médica periodicamente para os check-ups. Não nos responsabilizamos pela ingestão das ervas sem o devido acompanhamento terapêutico.

2 comentários:

Matheus disse...

otimo pra darreia

eduardo disse...

O que é darreia?