sábado, 1 de novembro de 2014

O ABACAXI


abacaxi é reverenciado até mesmo pelas exigentes crianças. Sabe por quê? Mais que delicioso e nutritivo, é uma ótima sugestão para repor as energias. Conheça as verdades mentiras sobre o abacaxi:

Todo mundo pode comer - Falso. 

Existem restrições ao consumo do rei do pomar. “Há componentes que podem sensibilizar algumas pessoas, principalmente as já alérgicas a outros alimentos ou ao pólen”, explica o médico nutrólogo Danny César Jumes (SC). Se a ingestão ocasionar coceira e edema (inchaço) na garganta, o auxílio médico deve ser procurado. Para quem sofre de refluxo gástrico e úlceras pépticas ou duodenais, o abacaxi também não é indicado.

Tem grande oferta de nutrientes - Verdadeiro. 
Ele oferece boas quantidades de vitaminas A e do complexo B, e razoável de C. Também possui cálcio, ferro e magnésio, que são importantes para o funcionamento do corpo. Além disso, contém muitas fibras, que, associadas à ingestão de líquidos, ajudam a ida ao banheiro com mais facilidade.

É um alimento completo - Falso. 
O consumo de abacaxi unicamente não ajudará a prevenir doenças. No dia a dia, deve fazer parte de uma dieta balanceada, com frutas, verduras, carnes, cereais e grãos. O abacaxi possui vitaminas e minerais que, em conjunto com outros alimentos, pode prevenir doenças — é um trabalho de equipe.

Retarda o envelhecimento - Verdadeiro. 

Por possuir relevante concentração de vitamina A, auxilia na boa visão e tem ação antioxidante, combatendo os radicais livres que aceleram processos típicos do envelhecimento. Quem é privado de vitaminas do complexo B (algumas presentes no abacaxi) tem dificuldades ao caminhar ou pode passar por estados confusionais. Crianças que não têm acesso a elas sofrem em seu desenvolvimento neurológico, muscular e cardíaco.

Possui muitas calorias - Falso. 
Fonte de energia, mas nem tanto: 50 kcal por fatia de 100 g. Após atividades físicas ou como lanche, é um repositor energético de parte do gasto diário. Porém não será ele o vilão que levará sua dieta de perda ou manutenção de peso por água abaixo.

Até a casca é aproveitada - Verdadeiro. 
Ainda que a casca e outros restos do abacaxi sejam utilizados nas indústrias alimentícia e farmacêutica (para extrair enzimas como a bromelina), segundo o nutrólogo, não há comprovação de que comê-los traga benefícios. A bromelina promove a quebra de proteínas e é muito utilizada no amolecimento de carnes. Ela tem propriedades digestivas, anti-inflamatórias e anticoagulantes. Para que a bromelina seja melhor aproveitada, deve ser administrada por um médico.

Coma o quanto puder - Falso. 
Procure não exagerar devido à acidez. Consuma assim que descascá-lo, in natura de preferência. “Como suco, as fibras são trituradas e reduzem seu poder de ação. Em calda, possui maior teor de açúcar, devendo ser evitado em dietas emagrecedoras e por diabéticos”, destaca o médico. Atenção: verifique se o fabricante do abacaxi em calda enlatado possui certificação e a validade do produto.

RECEITAS COM ABACAXI

1 – XAROPE DE ABACAXI - Descascar e cortar em rodelas 1 ABACAXI e colocar em 1 pote de vidro, ou de louça ou cerâmica. Colocar da seguinte forma: 1 rodela de ABACAXI e cobrir com açúcar, outra rodela de ABACAXI e cobrir com açúcar, e assim por diante, consumindo mais ou menos ½ Kg de açúcar. Deixar descansar por 1 hora e logo depois levar ao forno. Quando o ABACAXI estiver desmanchando e cor de mel, estará pronto o xarope.
Adultos devem tomar 3 colheres de sopa por dia. Crianças tomam 1 colher de chá por dia.
Serve para PERDA DE VOZ, ROUQUIDÃO e BRONQUITE.
FONTE: 300 Receitinhas Naturais Para Sua Saúde (Frei Raul de Lima Sertã)

2 – Comer ABACAXI ou tomar o suco serve para 12 casos: males da GARGANTA, PRISÃO DE VENTRE, FÍGADO, evitar ou combater ARTERIOSCLEROSE, males da BEXIGA, males da PRÓSTATA, fazer voltar a MENSTRUAÇÃO, acabar com REUMATISMO, males dos RINS, fortalecer o CÉREBRO, fortalecer a MEMORIA e produzir OTIMISMO.

FONTE: 300 Receitinhas Naturais Para Sua Saúde (Frei Raul de Lima Sertã)


ADVERTÊNCIA ACURANATURAL
1- Não utilize a mesma planta ou receita por mais de 15 dias seguidos. Procure outra com os mesmos efeitos e alterne o uso.
2- Evite o uso de recipientes de alumínio.
3- Prepare as receitas na quantidade certa para ser consumidas na hora. (A não ser quando recomendado).
4- Ressaltamos que toda receita alternativa tem o poder de acalmar e amenizar o problema, seja ele uma dorzinha de barriga ou uma grande enxaqueca. É importante sempre lembrar de anotar os seus sintomas e procurar ajuda médica periodicamente para os check-ups. Não nos responsabilizamos pela ingestão das ervas sem o devido acompanhamento terapêutico.

Nenhum comentário: